fu significa vento
舞 bu – dança
妙 myo – maravilha/delicadeza
in – ressonância

1/5

núcleo de pesquisa sob orientação de Toshi Tanaka que desenvolve a arte com do-ho: performance fugaku e outras atividades

 

Histórico

Em 1994 Toshi Tanaka e Ciça Ohno iniciaram a implantação de seitai-ho e do-ho nas terras brasileiras através de cursos regulares, oficinas, palestras e demonstrações das técnicas.

Em 1995 o mestre Hiroyuki Noguchi criou o projeto Do-ho com a proposta de divulgar o do-ho, pesquisar as possibilidades desta técnica junto à arte e incentivar o intercâmbio entre os artistas praticantes.

Em 1996 Toshi criou o núcleo Fu Bu Myo In cujo o nome foi dado pelo Hiroyuki Noguchi. A primeira formação aconteceu no Japão numa performance com Sachiko Kakuhari, Yoshisaburo Toyozumi e Toshi Tanaka. Ao retornar ao Brasil, ele continuou a pesquisa e a criação em arte com artistas brasileiros, resultando na perfomance Kazaori – O vento que tece em 1997.

O núcleo brasileiro é basicamente formado por Toshi e Ciça, variando os artistas praticantes conforme a disponibilidade de pesquisar e criar juntos. Além de Kazaori – O vento que tece, foram feitas várias obras e performances desde que o núcleo foi criado. 

 

As principais foram: Hikari no mizu ni – Na água luminosa, Cada passoRio adentro que integram o projeto Corpo de Vento contemplado no XVI Programa Municipal de Fomento à Dança na cidade de São Paulo de 2014 à 2016; Iki – Respiração, resultado do projeto Kaze – Ventos contemplado no XIII Programa Municipal de Fomento à Dança na cidade de São Paulo em 2012 e 2013; Tabibito – Viajante, projeto contemplado no IV Programa Municipal de Fomento à Dança para cidade de São Paulo em 2008 e 2009; Velho lago em 2008; Caminho da lua, projeto contemplado no Programa de Ação Cultural da Secretaria do Estado de São Paulo – PAC em 2007; Lua nova em 2006 e Moc ka do em 2003.

(11) 4704-3334

e-mail: 

Copyright © 2013 jardim dos ventos all rights reserved